segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Entrevista

Entrevista com a professora docente II- regente: Alessandra Duarte, em relação aos ciclos no CIEP Brizolão 350 – Túlio Roberto Cardoso Quintiliano, onde ela atua.
A entrevista foi baseada em perguntas que nós do grupo construímos com base nas reflexões sobre o tema dos CICLOS DE EDUCAÇÃO.









* Qual o nome da Senhora?
Alessandra Duarte

* Qual instituição trabalha?
CIEP Brizolão 350 – Túlio Roberto Cardoso Quintiliano

* Em qual cargo?
Professor Docente II - Regente

* Na escola em que trabalha você trabalham com ciclos?
Sim

*Como foi implantado os ciclos na escola?
Com determinação do governo. Simplesmente terminamos o ano letivo de 2006 com o regime seriado, mas, já não era possível reter alunos na 1ª e na 3ª série. Apenas na 2ª e na 4ª. Acredito que a mudança ocorreu muito mais na nomenclatura que no método de trabalho.
Por outro lado, quando ingressei na Prefeitura de Duque de Caxias o regime de ciclos já existia. Trabalhei no CIEP Brizolão Municipalizado 405 – Ministro Santiago Dantas.
Nesta instituição a retenção ocorria apenas no 3º ano do ciclo. Nos dois anteriores esta se dava apenas por número excessivo de faltas. Acredito que em razão disso havia uma enorme retenção no 3º ano do ciclo, pois nos anteriores era possível ser aprovado sem ter atingido os objetivo estabelecidos, ou seja, sem ter aprendido nada ou quase nada. Bastava freqüentar as aulas.

*Como funciona o ciclo na escola?
Atualmente no Ciep 350 o ciclo se dá no primeiro segmento do ensino fundamental. Como dito anteriormente, com retenção apenas no 3º e no 5º ano de escolaridade. Particularmente acredito que os profissionais, em especial os que lecionam em escolas estaduais, não foram preparados para trabalhar com ciclos. Acredito ter havido apenas uma mudança de nomes, pois percebo que continuam a se organizar em termos seriados. Ou seja, percebo os planejamentos sendo preparados por séries ou anos de escolaridade e não como um processo que deve ocorrer ao longo de alguns anos.

*Como é organizado?
As turmas oferecidas vão do 1º ao 5º ano de escolaridade.

*Como é o cotidiano nas classes?
Os professores têm autonomia para determinarem as estratégias que utilizarão em suas aulas. O planejamento dos conteúdos a serem trabalhados é determinado ao início do ano letivo em conjunto com os professores do mesmo ano de escolaridade e a coordenadora pedagógica.

*As crianças dentro dos ciclos fazem rodízio?
Esta pergunta não entendi. Mas se for rodízio de professores; não. Os casos de troca de alunos geralmente ocorrem por problemas de horário ou indisciplina. Em geral as turmas são “montadas“ pelos próprios professores no término do ano anterior e ajustes são feitos no primeiro bimestre.

*Há algum projeto?
Vários. Em sua maioria os projetos são trabalhados por todos os segmentos. Este ano tivemos o Projeto: “Ler é saber., que foi o gerador do ano. Neste projeto priorizamos o despertar pelo gosto da leitura e o incentivo ao hábito de ler diferentes gêneros.
Outros temas são trabalhados como projetos (Festa Country, Festa da Primavera, Dia das crianças)

*Como os alunos são enturmados?
Já foi respondido

*existe algum trabalho especial com crianças que tem dificuldades?
Cada professor decide a estratégias de trabalho. Acabou de chegar à escola o Projeto Mais Educação. Este é um projeto onde o governo enviou uma verba extra, mediante projeto apresentado pela instituição. Estão acontecendo oficinas de letramento, matemática, desenho, capoeira, recreação, voleibol, horta, informática e saúde, que serão freqüentadas por alunos indicados pelos professores, a fim de melhorarem o desempenho escolar. As oficinas serão freqüentadas em turno diferente das aulas regulares.

*como é feita a avaliação?
É registro descritivo? Cada professor realiza suas avaliações além de uma avaliação bimestral unificada e ao fim de cada bimestre deve preencher um relatório descritivo individual. Estes são então assinados pelos responsáveis e arquivados com os documentos do aluno.

*Poderia os mandar uma Xerox dessa avaliação?
Só poderia pedir à minha coordenadora na segunda feira. Mas são apenas três espaços ASPECTOS SOCIAIS – ASPECTOS DA APRENDIZAGEM – CONCLUSÕES, onde cada professor escreve um pequeno resumo do aluno. Não tenho certeza dos nomes utilizados, mas são nesta ordem e têm este sentido.

*O que é feito com o aluno no ano seguinte que não acompanhou?
Quando possível este aluno fica retido e cada professor decide as estratégias que utilizará.

*o professor faz rodízio ou acompanha a sua turma?
Fica a critério do professor.

postado pelo grupo: Ariane , Gabriela, Rayanne, Thais Viana, Taísa.

2 comentários:

GEPACT disse...

Fatou fazer uma análise da entrevista e relacioná-la com os referencias teóricos estudados...

GEPACT disse...

Falta a reflexão sobre o trabalho feito em nossa última aula. Ademais, as reflexões se localizam no senso comum, com pouca fundamentação e distanciadas das relações entre teoria e prática.

Enviar um comentário